Categoria: Assinaturas eletrónicas

Tenho que rubricar todas as páginas de um documento assinado digitalmente? Fique a saber…

Como já referimos anteriormente, o documento eletrónico possui algumas especificidades relativamente ao documento em formato papel. De facto, ao contrário do que acontece com um documento digital, o conteúdo e o contexto de um documento tradicional são passíveis de apreensão física e direta.

A imaterialidade e a consequente desvinculação entre o conteúdo e o suporte de um documento eletrónico comportam várias consequências no que à assinatura respeita. 

Assinatura eletrónica simples, avançada e qualificada: Conheça as diferenças agora

No artigo de hoje procuraremos efetuar uma breve distinção entre as assinaturas existentes, aludindo aos seus diferentes regimes jurídicos e respetivos valores probatórios.

Simplifique o processo de contratação com o SigningDesk

O atual contexto pandémico trouxe-nos várias certezas no que à desmaterialização diz respeito. De facto, a adaptação às circunstâncias sanitárias implicou uma mudança drástica e transversal em termos tecnológicos: a desmaterialização deixou de ser percecionada como uma aspiração futura, para passar a ser tratada como uma verdadeira necessidade.

Neste contexto, as tradicionais formas de contratar viram-se rapidamente substituídas pelas alternativas eletrónicas, tornando-se indubitáveis as suas diversas vantagens e utilidades.

Contratação pública? Cumpra os requisitos formais legalmente exigidos.

É, hoje, inegável o esforço da Administração Pública na substituição das tradicionais formas de contratar por soluções mais eficientes e desmaterializadas. Efetivamente, assistimos, por parte das múltiplas entidades administrativas e dos respetivos serviços públicos, à rápida adoção do fenómeno da “despapelização”. Neste âmbito, uma das inovadoras medidas adotadas prendeu-se com a criação e imposição das plataformas eletrónicas para o desenvolvimento de procedimentos concursais públicos.

Assinatura Eletrónica para o Setor Hoteleiro

De todos os setores afetados pela atual situação pandémica em Portugal, o setor do turismo e da hotelaria foi, sem dúvida, um dos mais afetados e o que enfrenta diariamente os maiores desafios para recuperar do impacto económico gerado pela COVID-19. Muitos procuraram reinventar-se em termos dos serviços e experiências oferecidos, contemplando a segurança e o bem-estar do cliente. 

Por outro lado, observou-se um desenvolvimento e aceleração dos processos de digitalização durante este período, que se estenderam ao setor dos bens e serviços, incluindo naturalmente a indústria da hospitalidade e aos processos tradicionalmente em papel. 

A ASSINATURA ELETRÓNICA PARA O SETOR DE SEGUROS

O setor dos seguros é uma área que lida com um grande volume de documentos, quer seja uma seguradora, uma corretora de seguros ou um cliente. A atividade diária deste mercado envolve frequentemente longas apólices, regulamentos rigorosos e preenchimento de formulários que impactam diretamente os níveis de produtividade.

5 Razões pelas quais a Assinatura Eletrónica DigitalSign vai aumentar o seu ROI

A facilidade e a conveniência da assinatura eletrônica, além de permitir que as organizações criem, personalizem, enviem e assinem contratos de forma digital e segura, também agrega valor para todas as partes interessadas, incluindo clientes e funcionários nas equipas de vendas, RH, jurídico e o departamento de compras. 

Sabemos que as empresas adoram a velocidade, assim como seus clientes, e com centenas de milhões de assinaturas enviadas digitalmente, ambos beneficiam das experiências digitais que desejam, enquanto as equipes de vendas apreciam a eficiência que acelera o processo e reduz o risco de acordos perdidos ou executados incorretamente.

© 2021 copyright // Blog DigitalSign